Manutenção do ar-condicionado: quando e como fazer?

Nesses dias de calor intenso, quem não gosta de chegar em casa e encontrar um ambiente gelado para relaxar, não é mesmo?

Realmente, esse aparelho traz muito conforto e ameniza os dias quentes, proporcionando mais qualidade de vida.

Porém, quem tem os aparelhos em casa tende a se esquecer de um importante quesito: a manutenção do ar-condicionado.

Saiba mais!

Por que realizar a manutenção do ar-condicionado?

Como todo aparelho, ele precisa de manutenção para conservar seu funcionamento e aumentar sua vida útil.

Além do mais, aparelhos que não passam por revisão oferecem sérios riscos à saúde.

O ar-condicionado é um excelente ambiente para a proliferação de fungos e bactérias, que prejudicam principalmente aqueles que já têm quadros crônicos de alergias.

Fora isso, conforme vai se acumulando, a sujeira diminui a eficiência, além de causar o aumento do consumo de energia e o risco de o aparelho queimar.

Quando e como fazer manutenção?

A manutenção do ar-condicionado deve ser feita apenas por profissionais especializados, de empresas autorizadas pelo fabricante do seu aparelho.

É que o equipamento tem produtos que, caso vazem, colocam em risco a segurança e saúde.

Portanto, a manutenção completa, com a ajuda de um profissional, deve ser repetida anualmente — ou menos, de acordo com a frequência de uso ou algum problema pontual.

Porém, alguns cuidados você mesmo pode realizar:

  • todo ar-condicionado tem um filtro de poeira para deixar o ar com menos partículas de sujeira. Ele precisa ser limpo a cada duas semanas ou de acordo com a necessidade;
  • é preciso verificar se a mangueira de drenagem não apresenta problemas, como vazamentos ou entupimentos. É recomendável limpá-la mensalmente, junto com a bandeja de drenagem do aparelho;
  • os aparelhos têm outros filtros além do de poeira, que variam de acordo com o modelo. Eles também precisam de atenção durante a manutenção do ar-condicionado e devem ser trocados a cada seis meses;
  • é preciso analisar se o ar não solta nenhum cheiro incomum ou está com sua eficiência reduzida.

Seja por desconhecimento da necessidade dessa ação ou de uma compreensão equivocada de que a manutenção do ar-condicionado é um custo desnecessário, muitas pessoas ainda não executam esse importante processo.

Com a estação mais quente do ano batendo recordes de temperatura, é natural que, a cada dia, mais pessoas liguem esses aparelhos, o que exige mais de seu funcionamento.

Não fazer a manutenção preventiva é uma negligência grave, que pode trazer grandes prejuízos. Afinal, a vida útil do aparelho tende a diminuir e ele começa a apresentar defeitos — por vezes irreversíveis.

Além do mais, a saúde das pessoas fica seriamente comprometida. Não é por acaso que várias delas ficam constantemente doentes ou com a alergia atacada.

Não arrisque a sua saúde e nem a da sua família. Tome cuidado com esses aparelhos!

Portanto, se deseja fazer um uso com tranquilidade, faça manutenções de maneira periódica e fique de olho em potenciais problemas.

Se esse post foi útil para você, compartilhe-o em suas redes sociais e alerte os seus amigos sobre esse assunto tão importante!

Compartilhe:

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *